#ALAGOAS | Grupo Solar (Coca-Cola) deve gerar 1700 empregos até 2021

O grupo Solar vai instalar, ainda neste ano, uma nova linha de produtos de energéticos Monster ampliando o investimento em R$ 65 milhões de reais, tornando assim, o principal polo produtor da marca Coca-Cola, inclui às suas vendas de sucos, água, refrigerantes e chás gelados, o energético Monster. O governo de Alagoas dará incentivos fiscais do PRODESIN (Programa de Desenvolvimento Integrado do Governo de Alagoas), confirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e o gerente de Relações Governamentais, Arthur Ferraz.

A expectativa do grupo é começar a operar já em 2021, com a produção de um milhão de caixas anuais do tônico. “Encontramos em Alagoas uma política de concessão de benefícios extremamente competitiva e um ambiente econômico favorável. Isso é essencial para pensarmos em novos investimentos e avanços aqui no estado”, destacou o gerente de Relações Governamentais, Arthur Ferraz.  


Com a nova conquista, além de a fábrica em Alagoas ser a única do Norte-Nordeste a produzir todos os produtos da linha do Grupo Solar, ela é também a primeira indústria de energéticos da região.

“Para nós é uma alegria anunciar, mais uma vez, a ampliação de investimentos do Grupo Solar. Com a produção do produto Monster, nos tornamos o principal polo produtor dos produtos Coca-Cola, e a primeira indústria de energético da região Norte e Nordeste. Esses são os reflexos da nossa política arrojada de incentivos, que tem sido um diferencial decisivo nas estratégias de prospecção e crescimento de novos negócios para Alagoas”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *