26 de fevereiro de 2020 – 35 anos da emancipação municipal de Canudos – BA

André Corrêa – De Brasília

Neste Carnaval 30 municípios baianos fizeram aniversário de emancipação municipal. Mais um motivo para comemorar nos dias de folia.

A história do sertanejo nordestino ficou marcada num janeiro, há 124 anos, quando a força e a fé do povo bateram de frente com a força e as armas do Estado. Canudos, no nordeste da Bahia, foi palco da resistência social e da covardia militar. Lá, mulheres, crianças e homens foram massacrados pelo exército federalista republicano, sob o comando de Prudente de Morais, primeiro presidente civil eleito por voto direto no Brasil. Lutavam contra o inimigo dito como “monarquista” no seco e agreste sertão baiano, liderados por um homem que andava de sandálias e com ideias socialistas. Após três derrotas humilhantes, o quarto e último batalhão republicano se armou com uma máquina de guerra moderna: o canhão inglês winthworth 32 cuspia bolas de ferro “matadeira”. Cada tiro destruía casebres e quem mais estivesse na frente. Canudos, na época batizada por Antônio Conselheiro – o homem de sandálias, como Belo Monte, abrigava cerca de 25 mil famintos e escravos “livres”, sem dono e sem chão para se fixar. Rendidos e neutralizados, ao fim da guerra, os que não morreram em combate foram mortos a golpes de facão e outras atrocidades sem chance de defesa. Por fim, para não deixar nenhum rastro queimaram casas e corpos.

Tudo em vão! Canudos renasceu das cinzas anos depois do conflito, e mesmo após ser inundada pela barragem do açude Cocorobó, em 1969, permanece viva.

Nesta quarta feira de cinzas (26), é preciso dizer viva Canudos, a guerra continua para os seus 16 mil canudenses contra a pobreza e o descaso permanente. São 35 anos de emancipação municipal! Já é tempo de vencer essa batalha e manter viva a memória dos defensores das ideias socialistas de Antônio Conselheiro. Viva a força do sertanejo, antes de tudo um forte, parafraseando Euclides da Cunha.

 

A Bahia em festa

Também fizeram aniversário neste domingo de carnaval (24) as cidades baianas de Adustina, Araçás, Banzaê, Caraíbas, Feira da Mata, Igrapiúna, Itaguaçu da Bahia, Iuiu, Jucuruçu, Nova Redenção, Novo Triunfo, Piraí do Norte, Ponto Novo, Presidente Tancredo Neves, Sítio do Mato, Sobradinho, Umburanas, Vereda, Sabinópolis, Araguainha. A todos parabéns!

Na segunda feira (25) da maior festa popular brasileira foi a vez de comemorar os baianos de América Dourada, Dias d’Ávila, Guajeru, Mansidão, São Gabriel, Tanque Novo, Várzea da Roça, Várzea Nova e Wanderley. Parabéns!   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *