#CEARÁ | CAMILO DIZ QUE VOLTA AO TRABALHO, MAS RECUA E ESTUDA MEDIDAS ECONÔMICAS

Governador reforçou que o foco das ações devem ser os cearenses mais vulneráveis e se dispôs a manter diálogo com setor produtivo local

O governador Camilo Santana só deve definir se o decreto de emergência que obriga alguns negócios a suspenderem as atividades e as pessoas ao isolamento social no fim de semana. Domingo é o último dia de validade do decreto, o qual tem incomodado representantes do setor produtivo local, que defendem o retorno das atividades. Mas diante dos acontecimentos com o aumento do número de infectados pelo Covid-19 no estado, Camilo recuou e promulgou o decreto de emergência por mais sete dias. A população continuará em isolamento social e algumas empresas fechadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *