Eduardo Paes vira réu

Eduardo Paes vira réu em denúncia feita pelo MPRJ


Na manhã desta terça-feira (08/09), um mandado de busca e apreensão contra o ex-prefeito da cidade carioca, Eduardo Paes, foi cumprido em sua residência no bairro de São Conrado, na zona sul do Rio, por ordem do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau. O juiz da Zona Eleitoral também aceitou a denúncia encaminhada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), tornando Paes réu por corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

De acordo com a denúncia do MPRJ, Paes teria recebido vantagens indevidas, no valor de R$ 10,8 milhões, pagas por executivos da Odebrecht por meio de caixa dois na campanha eleitoral de 2012. Outras quatro pessoas foram denunciadas nessa mesma operação, entre elas o então
deputado federal Pedro Paulo (DEM).

Em nota oficial, Paes afirma “está indignado que tenha sido alvo de uma ação de busca e apreensão numa tentativa clara de interferência do processo eleitoral – da mesma forma que ocorreu em 2018 nas eleições para o governo do estado”. A nota divulgada pela sua assessoria também alega que a defesa não teria acesso aos termos da denúncia, deixando para se pronunciar assim que tivesse detalhes do processo.

Essa não é a única denúncia pela qual o ex-prefeito terá que responder em juízo. Em março deste ano Paes virou réu por corrupção passiva, fraude em licitação e falsidade ideológica após o Ministério Público Federal (MPF) denunciar sua suposta participação no direcionamento da licitação para construção do Complexo Esportivo de Deodoro Norte, durante as preparações para sediar as Olimpíadas Rio 2016.

No entanto, essas denúncias não o impedem de concorrer nas eleições deste ano já que só se torna inelegível quem foi condenado em segunda instância. Nas pesquisas realizadas até o momento, Eduardo Paes – que oficializou sua candidatura pelo DEM na semana passada – aparece como um dos principais nomes na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro.

Cleber Araujo – jornalista/RJ
Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *