Levantamento do TSE revela aumento de crimes contra candidatos nas eleições 2020



A menos de uma semana para o segundo turno das eleições 2020, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizou um levantamento que revela o aumento de crimes violentos contra candidatos e pré-candidatos nesse processo eleitoral.


De acordo com os dados apurados pela Assessoria Especial de Segurança e Inteligência do TSE, foram registrados 99 casos de homicídio tentado ou consumado entre janeiro e novembro desse ano. Ao somar com os crimes de ameaça e lesão corporal totaliza-se 263 registros de crimes contra candidatos. Desse total, 200 casos foram registrados nos últimos dois meses – no período compreendido entre setembro e outubro-, enquanto os outros 63 casos aconteceram entre janeiro e agosto de 2020.


Ao comparar esses números com os crimes registrados nas eleições anteriores fica evidente o crescimento exponencial desse tipo de violência. No ano 2016 foram registrados 46 atentados contra candidatos e pré-candidatos, constando no processo eleitoral de 2018, também, 46 registros de crimes contra políticos em campanha.

O mapeamento desse estudo mostra que o índice mais alto de casos de homicídio tentado ou consumado aconteceu na semana anterior à votação do dia 15 de novembro, com 83% das ocorrências registradas em municípios com menos de 200 mil eleitores.


Atentos a essas informações, é importante que os políticos que disputam a eleição municipal no próximo domingo redobrem os cuidados com a segurança pessoal, sobretudo aqueles que sofreram ameaças.


Cleber Araujo – jornalista/RJ


Foto: Revista Dom Total


Editor chefe: Sandro de Moura


Fonte: Agência FNI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *