Adiado para o dia 16 debate sobre a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos


Clarice Castro/Governo do Rio de Janeiro
Esporte - olimpíadas - Jogos Olímpicos Rio 2016 esportes aquáticos natação piscinas
A CBDA contempla cinco modalidades olímpicas: natação, nado artístico, saltos ornamentais, polo aquático e maratonas aquáticas

Foi adiada para o próximo dia 16 a audiência virtual que a Câmara dos Deputados promoveria hoje sobre a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

A ideia inicial do deputado Luiz Lima (PSL-RJ), idealizador da reunião, era promover um debate com os candidatos à eleição da entidade, marcada para o dia 11, na sede do Clube de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

No entanto, apenas uma chapa se candidatou: ela é composta por Luiz Fernando Coelho para presidente (atual ocupante do cargo); e Renato Cordani para vice-presidente.

Na semana que vem, então, o objetivo da audiência será discutir o futuro da CBDA, já com a eleição definida. Além dos integrantes da chapa única, foram convidados para o evento:

  • a secretária nacional de Esporte, Lazer e Inclusão Social do Ministério da Cidadania e ex-atleta olímpica da natação, Fabíola Molina;
  • o gerente de Esportes do Minas Tênis Clube e ex-atleta olímpico da natação, Rogério Romero;
  • o atleta olímpico da Seleção Brasileira de Saltos Ornamentais Ian Matos;
  • o treinador da modalidade de Maratonas Aquáticas Fernando Possenti;
  • o treinador e comentarista esportivo Alexandre Pussieldi; e
  • a treinadora da Associação Desportiva Fúria e diretora de Arbitragem Geral de Nado Artístico da Federação de Esportes Aquáticos da Paraíba,  Talita Xavier Leal.

A CBDA contempla cinco modalidades olímpicas: natação, nado artístico, saltos ornamentais, polo aquático e maratonas aquáticas.

Da Redação – MO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *