Seplan encerra ciclo de capacitações com a Macroplan



A Seplan realizou, durante toda a quarta-feira (9), a última capacitação que discutiu o modelo operacional de implantação da metodologia de planejamento de gestão por resultados, com a consultoria da Macroplan. O encontro aconteceu de forma remota, através de vídeo conferência. O objetivo final é aumentar a capacidade do governo do estado do Piauí de entregar mais e melhores resultados para a sociedade piauiense.

O encontro encerrou um ciclo de capacitações realizadas em parceria com a Macroplan. Na ocasião, foram abordados os principais conceitos desenvolvidos nas oficinas dos macroprocessos de planejamento, orçamento, monitoramento e avaliação e foi trabalhado, de forma sucinta, um plano de operacionalização para consolidação da metodologia que é baseada na gestão para resultados.

Para Gisele Oliveira, superintendente de Planejamento Estratégico da Seplan, o ciclo de capacitações desenvolveu capacidades dentro da RedePlan mantendo uma equipe de técnicos capacitados e motivados para consolidação do processo de gestão orientada para resultados iniciado em 2019 e concluído com o manual de operacionalização. “Ainda temos um caminho a percorrer na operacionalização e é muito importante os técnicos estarem nesse processo juntos com a Seplan para que possamos, de fato, ter uma estratégia de governo orientada para a resolução de problemas do estado”, relatou.

Segundo Gustavo Morelli, sócio proprietário da Macroplan, a capacitação de hoje foi o encerramento de um importante ciclo de formação dos servidores do governo do Piauí em todo o processo de planejamento orientado para resultados desenvolvido com a Seplan, desde o ano de 2019. “Nesta capacitação estamos juntos com a RedePlan, com os servidores de todas as secretarias, consolidando conceitos, fazendo uma revisão de tudo o que nós já passamos e do próprio manual de gestão para resultados do governo do Piauí e, também, definindo com eles, uma agenda de trabalho para implantação efetiva desse modelo de planejamento, a partir do ano de 2021 que será, inevitavelmente, uma tarefa de todos, e não apenas da Seplan, mas de todos os servidores da Rede de Planejamento e demais servidores de todas as setoriais, para que tenhamos um modelo único de planejamento no governo, não apenas em uma, mas em todas as setoriais que, com isso, consigamos tornar a ação do governo cada vez mais efetiva”, disse.

Para Sérgio Britto, consultor da Macroplan e gerente do projeto no Piauí, os objetivos foram alcançados. “Conseguimos uma abrangência interessante com o envolvimento de diversos órgãos, não só a Seplan, mas a Seduc, Sesapi, SSP, Emater, SAF, Sasc, agentes de desenvolvimento territorial, uma grande participação, com discussões muito interessantes sobre planejamento, gestão por resultado, orçamento, finanças públicas, monitoramento e avaliação. Acho que conseguimos fustigar as pessoas a terem curiosidade para se aprofundarem mais nos sistemas. Foi um passo inicial aos servidores do estado do Piauí, mas também, um passo fundamental”, finalizou.

Rejane Tavares, secretária de Estado do Planejamento, antes de encerrar pediu aos participantes uma palavra que descrevesse as capacitações. Esclarecedoras, inovadoras, provocantes, instigantes, integradoras, desafiadoras foram algumas das palavras citadas. “Mais de um ano e meio de trabalho contínuo com a Macroplan que nos ajudou a repensar todo o processo de planejamento do estado. Temos agora o desafio de tentar implementar essa metodologia e conservar a proposta apresentada”, destacou.

Outro ponto ressaltado pela secretária foi a necessidade de a cada novo PPA melhorar ainda mais o processo de planejamento. “Nosso objetivo é, cada vez mais, aproximar aquilo que planejamos, do que realizamos. Estamos neste caminho, neste processo de aprendizagem comum a todos e que no próximo ano possamos reforçar esse pacto. A Seplan é a facilitadora nesse processo de pensar as ações do estado, mas as setoriais são as verdadeiras protagonistas das realizações e do compromisso de desenvolvimento do Piauí, das pessoas, da inclusão social”, concluiu.

O delegado Riedel Batista, representando a Secretaria de Segurança Pública, afirmou que as capacitações oferecidas pela Seplan/Macroplan foram de alto nível e extremamente relevantes. “As capacitações nivelaram conhecimentos para toda equipe e despertou maior engajamento de todos para alcançarmos as metas definidas em nosso PPA, Carteira de Projetos e Plano Estadual de Segurança Pública. Já estamos colhendo frutos destas capacitações e a equipe está muito mais confiante para seguir em frente”.

Cícera Andrade, representante Sesapi, elogiou a iniciativa. “O ciclo de capacitações conduzidos pela Macroplan/Seplan abordou diversos temas importantes para a execução dos macroprocessos de planejamento, orçamento, monitoramento e avaliação do Estado. Consegui perceber de forma mais detalhada a importância desses instrumentos e melhorar a capacidade para pensar as Políticas Públicas, monitorar e avaliar a execução das estratégias de governo, porém, o aperfeiçoamento irá acontecer na nossa prática cotidiana”, declarou.

 

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *