Polícia Federal realiza operação para coibir esquema de corrupção liderado por deputado do Maranhão


Nesta quarta-feira (09) a Polícia Federal (PF) realizou a Operação Descalabro para apurar um suposto esquema de corrupção no Maranhão através do direcionamento de licitações na área da saúde, que teria gerado prejuízo aos cofres públicos de aproximados R$ 15 milhões.

Conforme a investigação, o responsável pelo esquema fraudulento é o deputado federal Josimar Maranhãzinho (PL) que teria desviado verba pública de suas emendas parlamentares destinadas aos municípios do interior maranhense, entre os meses de abril e dezembro desse ano. De acordo com a Polícia Federal, os recursos recebidos pelos Fundos Municipais em seu reduto político eram desviados através de contratos fictícios firmados com empresas de fachadas pertencentes ao deputado. Posteriormente, o dinheiro era sacado e entregue no escritório parlamentar regional de Josimar na cidade de São Luís.

A PF informou que a investigação, que está em curso há quatro meses, realizou registros de áudio e vídeo da distribuição dos valores no escritório regional do parlamentar, além de monitorar os saques e desvios de dinheiro. A investigação corre em sigilo perante o Supremo Tribunal Federal que autorizou o cumprimento de 27 mandados de busca e apreensão na cidade de São Luís e no interior do Maranhão. Também foi determinado o bloqueio de mais de R$ 6 milhões em patrimônio de Josimar Maranhãzinho, entre outras medidas.

Cleber Araujo – jornalista/RJ
Foto: Câmara dos Deputados
Editor chefe: Sandro de Moura
Fonte: Agência FNI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *