Seduc institui programa com diretrizes para finalização do ano letivo de 2020 e reordenação de 2021


Visando garantir o reforço na aprendizagem de alunos da rede estadual de ensino, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) instituiu a portaria Seduc-PI/GSE nº 1001/2020, que tem o objetivo de estabelecer o Programa de Reforço de Aprendizagem – Juntos para Avançar, com as diretrizes para a finalização do ano letivo de 2020 e reordenação do ano letivo de 2021, em decorrência da pandemia da Covid-19.

As medidas tomam como base as recomendações ao Ministério da Educação (MEC), enviadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), que propõe a integralização dos anos letivos de 2020 e 2021. Essa ação se torna obrigatória aos estados e municípios, ficando a cargo dos conselhos estaduais decidirem sobre união dos anos letivos.

O Programa de Reforço de Aprendizagem – Juntos para Avançar pretende reordenar os anos letivos de 2020 e 2021 das escolas do Piauí e será dividido em duas fases. O ano letivo de 2021 terá início no dia 25 de janeiro de 2021, com a fase 1 do Programa Juntos para Avançar. Nesta fase, a proposta será trabalhar as habilidades dos estudantes com ensino híbrido (atividades presenciais ou remotas), além de resgatar os estudantes que tiverem dificuldades em continuar suas atividades no decorrer do ano letivo de 2020.

Antes de iniciar este primeiro momento, os alunos terão um intervalo para férias coletivas de 12 de dezembro a 24 de janeiro. Em parágrafo único da portaria também fica instituído que: “os alunos da 3ª série do Ensino Médio Regular, do Integrado e da VII etapa EJA, terão uma programação especial do Pré-Enem, no período de 14 a 18 de dezembro de 2020 e de 4 a 24 de janeiro de 2021”.

Já na segunda fase do programa, os alunos que obtiverem êxito na complementação das atividades escolares, síncronas e assíncronas, da fase 1 do Programa Juntos para Avançar, em alguns componentes curriculares, conforme os registros no iSEDUC, deverão ser promovidos e enturmados na modalidade por ano/série ou etapa seguinte. Paralelamente e concomitantemente os mesmos deverão realizar a fase 2 do Programa Juntos para Avançar para a sua integração curricular obrigatória.“Temos um objetivo maior que é, não apenas cumprir carga horária, mas garantir a esse estudante a sua aprendizagem integral”, explicou a diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem (Unea) da Seduc, Maria José Mendes Neta, que ainda comentou sobre o momento excepcional que todo o mundo tem passado em decorrência da pandemia do novo coronavírus e afetou diretamente as escolas de todo o mundo, assim como todos os demais setores.

Fonte: Governo PI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *