Senado não deve discutir ‘apenas nomes’ para eleição da Mesa, diz Reguffe


O senador Reguffe (Podemos-DF) pediu, nesta quinta-feira (10), que o Senado não discuta apenas nomes para a próxima eleição de escolha do presidente da Casa. O parlamentar elogiou o resultado do julgamento ocorrido na semana passada, no Supremo Tribunal Federal (STF), para decidir a possibilidade de reeleição na Câmara e no Senado. Reguffe também parabenizou os seis ministros que votaram, segundo ele, de acordo com a Constituição, e lembrou que a Carta Magna veda a possibilidade de reeleição no meio da legislatura.

— É importante também nominar aqueles que cumpriram a Constituição Federal. Eu, que já fiz tantas críticas a decisões do nosso Supremo Tribunal Federal. E quero colocar aqui que é importante agora este momento, de sucessão, aqui no Senado. É importante que se discuta não apenas nomes, mas também propostas, programa para o Senado Federal — disse.

Na opinião do senador, é importante também que haja democracia no Senado. Ele sugeriu que o poder de decisão não fique apenas na mão do presidente da Casa. Para Reguffe, é importante que cada parlamentar tenha direito de pautar um projeto de sua autoria. O senador ressaltou, ainda, a necessidade do Senado custar menos para o contribuinte brasileiro. 

— O custo do Senado hoje para o contribuinte é excessivo. O Parlamento brasileiro é um dos custo mais caros do mundo em termos proporcionais — afirmou. 

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *