Webinar apresenta o edital de abastecimento d'água do Projeto São José IV


Gestores municipais, presidentes de associações comunitárias e agricultores familiares aproveitaram a segunda-feira (14) para esclarecer dúvidas sobre o edital de abastecimento d ‘água do Projeto São José IV. Por meio de um webinar, o público enviou perguntas através do Facebook que foram respondidas pelo secretário de Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz; pelo coordenador e pelo gerente de Abastecimento d ‘Água e Saneamento Rural do PSJ, Lafaete Almeida e Jânio Menezes, respectivamente. A mediação foi da assessora de Gestão Social do PSJ, Jana Alencar.

No último dia 25, o governador Camilo Santana lançou o Projeto São José IV com a abertura para consulta do Edital No. 02/2020 no Palácio da Abolição. O documento se encontra disponível no site da Secretaria de Desenvolvimento Agrário até o dia 24 de dezembro e, entre 28 de dezembro e 30 de janeiro,as associações comunitárias poderão realizar a inscrição e a inserção de documentos no próprio sistema. O resultado final será de conhecimento público no dia 19 de março de 2021.

“A importância do São José IV é dialogar com a vida das pessoas. Quando o governador Camilo Santana fala sobre a determinação de ter um impacto real, ele dialoga com a geração de cidadania, de oportunidades e bem-estar para o homem e a mulher do campo”, versou o secretário na abertura do evento virtual. “Para além disso, teremos agora o reuso d´água de cinzas domiciliares, dando início ao processo de inovação tecnológica para a convivência com o nosso semiárido”, apresentou.

“(Com o período de consulta até o dia 24 de dezembro) Estamos dando isonomia e tratamento plural para que a informação circule e permaneça disponível para que todas as associações comunitárias a obtenham em tempo hábil”, frisou. “E o mais relevante: teremos a oferecer água potável e com um gerenciamento adequado às comunidades rurais nos mais distantes rincões do Estado”, concluiu citando a antiga forma de transportar a água em latões, seja acima da cabeça ou no lombo jumento.

Etapas do edital

Em sua fala, o coordenador do Projeto São José, Lafaete Almeida, trouxe um recado especial para as prefeituras, secretarias municipais e comunidades rurais para a etapa seguinte, o da inscrição. “É importante reforçar que este momento (até o dia 28) é para que as comunidades possam estar se organizando, principalmente nessa questão da documentação. Para que, em seguida, quando o edital esteja recebendo as inscrições, as associações possam realizá-la com tranquilidade”, declarou.

“Já realizamos reuniões regionais, num formato virtual, em decorrência da pandemia, e a equipe do São José se encontra disponível para solucionar eventuais questionamentos através dos nossos canais de atendimento”, apresentou o tira-dúvidas pelo telefone (85) 3217-2857, pelo bate-papo no site da SDA e pelo e-mail edital02.psj@sda.ce.gov.br. “São várias dimensões a serem analisadas, como a questão da capacidade hídrica e da organização da comunidade”, enumerou.

“Penso que é fundamental o apoio que já vem acontecendo por parte das prefeituras, dos nossos colegas da Ematerce, Sohidra e Cagece às comunidades rurais. Ainda assim, é importante que os municípios tenham a clareza que não é necessário contratar qualquer empresa para elaboração de projeto. Essa fase é apenas de inserção de documentos e informações inerentes à própria entidade e qualquer outra despesa será realizada pelo Projeto São José a partir do momento de seleção.”, finalizou.

Fonte: Governo CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *