Diretora de escola premiada destaca parceria com o Núcleo de Gestão por Resultados na Educação da Seplag


 seplag

Unidade de ensino de Itacuruba venceu o Prêmio Gestão Escolar 2020

Na semana passada, a Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Maria de Menezes Guimarães, em Itacuruba, venceu o Prêmio Gestão Escolar (PGE) 2020, um dos mais importantes do Brasil. A unidade de ensino disputou a competição com outras quatro escolas e conquistou o prêmio de R$ 30 mil por desenvolver ações de impacto durante o período de isolamento social. Eduardo Nascimento, gerente geral do Núcleo de Gestão por Resultados na Educação (NGR-SEE) da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) chamou a atenção para o fato de a Escola ser uma das mais engajadas e alinhadas ao Pacto pela Educação.

Para Eduardo, não é à toa que a EREM de Itacuruba se destacou entre as mais de oito mil escolas inscritas no PGE. “Esta é com certeza uma das escolas mais próximas do NGR-SEE. Estou em contato quase que diário com a diretora da unidade. Durante a pandemia, conseguimos desenvolver várias oficinas e manter a rotina de orientação e auxílios que o Núcleo costuma dar às escolas”, explicou o gerente que acompanha a escola desde 2015.  

“Mesmo assumindo a gerência geral do Núcleo, continuo sendo o gestor governamental que monitoro as Escolas daquela região. No Pacto pela Educação entendemos ser essencial esse contato com as escolas, todos os gestores são incentivados a isso independente da função que exerçam no Núcleo. Trabalhar com essa base, ouvindo quem executa a política pública na ponta, enriquece nosso trabalho e disso nós não podemos abrir mão ”, afirmou Eduardo.

Situada no Sertão do São Francisco, a unidade de ensino atende cerca de 330 alunos e conta com 18 professores, oferecendo as modalidades de Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O reconhecimento e, consequentemente, o prêmio do PGE veio através do desenvolvimento de um projeto que leva apostilas para estudantes da zona rural. Apesar do NGE-SEE não se envolver diretamente com o Prêmio, já que a Secretaria de Educação e Esportes tem um setor que cuida especificamente desse tipo de postulação, Eduardo Nascimento acredita que o trabalho desenvolvido pela Seplag, sempre em parceria com a Educação, foi importante para essa conquista.

A diretora da Escola, Tatyane Leal, explica o papel da Seplag e, mais especificamente do NGR-SEE, no bom desempenho da unidade de ensino. Tatyane está à frente da Escola desde 2013 e foi neste mesmo período que iniciou a parceria com a Seplag.    

“Desde o primeiro momento, a parceria com a Seplag foi uma experiência muito rica e de muito conhecimento. Enquanto gestora pública, só tenho a agradecer pela forma transparente como eles trabalham, nos dando meios para que a gente pudesse entender os números e os indicadores relacionados à Escola e à educação pública”, afirmou a diretora.

Tatyane fez questão de ressaltar que apesar do prêmio ter chegado em 2020, a parceria com a Seplag não é de agora, vem de longas datas. “É uma parceria bastante assertiva, porque depois do trabalho realizado com a Seplag, nossa escola conseguiu analisar sua realidade, analisar dados e buscar soluções plausíveis para que esses resultados fossem revertidos de forma positiva, tanto na questão da aprovação, quanto no aproveitamento dos alunos, como na questão da qualidade do ensino. Os números se tornaram altamente pedagógicos para a gente montar estratégias positivas dentro da escola e dentro das nossas ações anuais”, disse a diretora que continuou:

“Nesse prêmio de gestão, a gente precisou diagnosticar muita coisa, para poder buscar soluções. Este trabalho de alinhamento que a gente sempre teve com a Seplag serviu de suporte para que a gente pudesse diagnosticar todo esse percurso e buscar soluções para nossos desafios”.  

Durante a pandemia, Tatyane ressaltou as oficinas quinzenais oferecidas pelos gestores governamentais do NGR-SEE que tratavam de diversos assuntos relacionados à educação pública. “Isso foi muito importante para que a gente pudesse trabalhar e inovar dentro de sala de aula. Um foco muito importante que a gente sempre percebia em todas essas oficinas era o papel do professor na gestão democrática, na qualidade do ensino, nas inovações pedagógicas e na liderança dentro da escola. Estas foram temáticas tratadas pela Seplag que foram essenciais para a gente refletir sobre a nossa prática enquanto educador”, detalhou a diretora.

Por fim, Tatyane Leal agradeceu nominalmente o trabalho de Eduardo Nascimento junto à escola. “Eduardo é um parceiro e um amigo da nossa unidade de ensino. O trabalho dele é muito bem feito e também tivemos a oportunidade de trabalhar com outros gestores governamentais, como Diego Rodrigues, Adriano Ramos e Márcia Souza. A Seplag sempre foi ‘show de bola’ com a gente. Depois de iniciada nossa parceria tudo mudou e mudou pra melhor. Só tenho o que agradecer”, finalizou Tatyane. 

Fonte: Governo PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *