Secretária do Meio Ambiente apresenta ações da Semar na Alepi


A secretária de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Sádia Castro, apresentou na manhã desta quarta-feira (16) as ações do ano de 2020 realizadas pela Diretoria de Recursos Hídricos da Semar (DRH). A audiência ocorreu na Assembleia Legislativa do Piauí e contou com a presença da Diretora de Recursos Hídricos da Semar, Layssa Maia, e dos Auditores Fiscais Ambientais, André Nogueira e Daniel Marçal.

A apresentação atende a determinação Política Nacional de Recursos Hídricos desenvolvida pela Agência Nacional da Água (ANA), que estabelece metas aos órgãos competentes no Brasil. “Apresentamos os produtos desenvolvidos pela Semar no quesito segurança de barragens, elencamos metas cumpridas através do Progestão, como o cadastramento e regularização de usuários; fiscalização do uso irregular de água; controle de eventos críticos envolvendo estiagens e inundações e fiscalizações de segurança de barragens”, elenca a secretária de Meio Ambiente Sádia Castro.

Foram especificadas ainda metas cumpridas junto ao Banco Mundial, através do Programa Piauí Pilares de Crescimento.  O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) em parceria com a DRH concluiu a execução do Projeto Guaribas, que objetivou a realização de campanhas de cadastramento dos usuários de águas subterrâneas na bacia do rio Guaribas.

Os produtos resultantes da execução desta campanha foram o Cadastramento de 4.096 poços, contemplando os 26 municípios da bacia; incluindo o levantamento da situação atual de todos os poços; vazões e níveis estáticos, monitoramento quali-quantitativo dos poços e elaboração de 26 mapas temáticos referentes a cada município que compõe a bacia.

Outro ponto destacado pela secretária Sádia Castro é que a Semar vem desenvolvendo, através da Diretoria de Recursos Hídricos, 03 sistemas de tecnologia de informação, buscando a desburocratização dos solicitações e processos.

“O primeiro sistema é o Cadastro Estadual de Recursos Hídricos, que é uma plataforma de análise e controle das outorgas solicitadas/emitidas que irá contribuir para o cadastro de todos os usuários de recursos hídricos no estado. O segundo é o Assistente de Outorgas, que irá facilitar o processo de análise e a tomada de decisões pelos auditores, fazendo cálculos de vazões automaticamente. O terceiro, é sistema de Barragens do Piauí que será um website que reunirá um perfil com todas as informações sobre as barragens do Piauí”, encerra a secretária de meio ambiente.

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *