Senado aprova novo embaixador para o Quênia e outros quatro países africanos


O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (16) a nomeação do diplomata Silvio José Albuquerque e Silva para chefiar a embaixada brasileira na República do Quênia. Foram 37 votos a favor, 2 contrários e 2 abstenções. A embaixada no Quênia também é responsável pelas relações brasileiras com outros quatro países da África oriental: Burundi, Ruanda, Somália e Uganda. O relator dessa indicação (MSF 79/2020) foi o senador Jaques Wagner (PT-BA).

O futuro embaixador foi sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores do Senado (CRE) na segunda-feira (14), quando afirmou que pretende aliar os laços históricos e culturais dos cinco países à pauta comercial, principalmente nos setores agroindustrial, de infraestrutura e de construção civil. Também destacou que o Quênia, especificamente, se sobressai na região pela estabilidade política, atuando inclusive como “fiador da paz” nas nações vizinhas.

Silvio José Albuquerque e Silva ingressou na carreira diplomática em 1987, trabalhou nas embaixadas brasileiras na Colômbia e no Chile e nas representações do país junto à Comunidade Econômica Europeia (CEE) e à Organização dos Estados Americanos (OEA). Também atuou nos poderes Judiciário e Executivo: foi chefe de gabinete da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) na gestão do ex-ministro Joaquim Barbosa (2012-2014); chefe da assessoria internacional do Superior Tribunal de Justiça (2014-2015); chefe de gabinete de Jaques Wagner no Ministério da da Defesa (2015); e assessor especial da Casa Civil para assuntos internacionais, também com Jaques Wagner (2015-2016).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *