Uruguai restringe entrada no país por conta do coronavírus


source
uruguai
Divulgação

Presidente limitou entrada no país até janeiro

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, anunciou nesta quarta-feira novas medidas para tentar conter o aumento de casos de Covid-19, entre elas a restrição da entrada no país entre 21 de dezembro e 10 de janeiro.

“É com pesar que tomamos a decisão de suspender a entrada no país entre 21 de dezembro e 10 de janeiro, o que nos custa muito porque sabemos que são milhares de uruguaios que voltam ao país nas férias para visitar seus famílias”, informou o presidente em coletiva de imprensa.

Até agora, o país permitia a entrada do exterior a uruguaios, residentes ou por questões de trabalho ou família, entre algumas outras exceções.

Outros anúncios foram a suspensão dos espetáculos públicos também até 10 de janeiro, a regulamentação do direito de reunião e a ratificação do fechamento de bares e restaurantes à meia-noite.

O Uruguai atravessa desde o mês passado um crescimento exponencial nos casos de Covid-19, e soma 10.893 infecções e 102 mortes pela doença em uma população de 3,4 milhões de pessoas. Nas últimas 24 horas, foram registradas 476 novas infecções e quatro óbitos no país, o maior número desde março, segundo dados oficiais.

Lacalle Pou mais uma vez afastou qualquer possibilidade de decretar o confinamento obrigatório, medida que seu governo nunca ordenou, e disse estar convencido de que os uruguaios “vão reagir” à nova situação.

Fonte: IG Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *