Defensoria fará dedetização dos prédios em Teresina durante recesso de fim de ano


Prédios serão dedetizados

Com o objetivo de proporcionar um ambiente cada vez mais salubre ao desenvolvimento de suas atividades, a Defensoria Pública do Estado do Piauí realizará durante o período de recesso natalino a dedetização dos prédios onde funciona na capital.

Para que o trabalho seja desenvolvido a contento foi montada uma escala para os dias 21 e 22 de dezembro, devendo no primeiro dia serem dedetizados a Categoria Especial e o Anexo I, que estão instalados respectivamente na rua Tibério Nunes, bairro Cabral e na rua Nogueira Tapety, bairro Noivos.

Dia 22, a dedetização acontecerá na Sede Provisória, instalada na rua Jaicós, no bairro Ilhotas, assim como na Unidade João XXIII e na Casa de Núcleos, respectivamente instaladas na avenida João XXIII, Jockey Club e na avenida Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima.

O trabalho será coordenado pela Diretoria Administrativa da Defensoria Pública, por meio da Coordenação de Infraestrutura e Materiais.

Mesmo considerando que durante o recesso a Defensoria estará em trabalho remoto por escala de setores da atividade fim, estão sendo adotados alguns procedimentos e repassadas orientações sobre os cuidados necessários antes e depois da dedetização, entre as quais proteger alimentos e utensílios domésticos, guardando-os em recipientes com tampa ou cobrindo-os com plástico; observar intervalo de tempo mínimo de 08 horas para ocupar os locais de aplicação dos produtos.

Também é recomendado aguardar rigorosamente o tempo definido pelo responsável técnico da controladora de pragas, para permitir o ingresso de pessoas na edificação, que normalmente é de 6 a 8 horas após a realização do serviço, conforme orientação do fabricante. Para definir a forma correta do procedimento será feita uma avaliação prévia nos prédios antes da dedetização avaliativa para atestar grau de infestações, locais de aplicação e qual será os procedimentos adotados.

O diretor administrativo da Defensoria Pública, defensor público Ivanovick Feitosa Dias Pinheiro diz que a adoção da medida pretende proporcionar um ambiente de trabalho adequado. “Com a dedetização estaremos deixando nossos prédios prontos para a retomada das atividades no dia 06 de janeiro, após o período de recesso. Trata-se de um procedimento preventivo e necessário para garantir a todos que trabalham na Defensoria, bem como aos assistidos que mesmo nesse período de pandemia vêm sendo atendidos de forma presencial a partir de agendamento, um ambiente de trabalho com salubridade, livre de pragas. É mais uma medida adotada pela gestão da Defensoria Pública pensando no bem coletivo”, afirma o diretor.

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *