Dr. Furlan é eleito prefeito de Macapá no segundo turno


O deputado estadual Dr. Furlan (Cidadania) foi eleito neste domingo (20) prefeito de Macapá, capital do Amapá, com 55,67% dos votos válidos (101.091 votos), derrotando o candidato Josiel (DEM), que perdeu a disputa com 80.499 votos válidos (44,33%) no segundo turno das eleições.  

Macapá foi a última cidade do país a ir às urnas para definir o prefeito. O pleito foi adiado em razão do apagão elétrico que atingiu o estado do Amapá em novembro com 22 dias de fornecimento de energia em sistema de rodízio e racionamento. 

Os horários de votação, neste domingo, foram mantidos das 7h às 17 e nove urnas foram substituídas. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Macapá tem 292,7 mil eleitores aptos a votar. Foi registrado o comparecimento de 193.210 eleitores às urnas (66,01%). O total de votos em branco foi de 3.884 (2,01%) e os votos nulos somaram 7.736 (4%). O índice de abstenção foi de 33,99% (99.508).

No primeiro turno, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, esteve na cidade para acompanhar a votação e garantir a segurança das eleições.

Antônio de Oliveira Furlan, conhecido como Dr. Furlan, tem 47 anos. É deputado estadual desde 2011, cumprindo o terceiro mandato na Assembleia Legislativa do Amapá. É casado e tem sete filhos. Ele nasceu na Costa Rica, quando os pais se mudaram de país para estudar. Mas pela legislação, é brasileiro, pois filhos de pais brasileiros que estudam ou trabalham em outro país permanecem com nacionalidade brasileira. Formado em medicina, é cirurgião cardiovascular. Concilia até hoje as atividades de médico com as de deputado. Integrou a Coligação De coração por Macapá (Cidadania/MDB/PMN). A vice prefeita eleita é a instrumentadora cirúrgica Monica Penha (MDB). 

O adversário de Furlan, o empresário e jornalista José Samuel Alcolumbre Tobelem, concorreu a um cargo público pela primeira vez. Presidente do Diretório Municipal do DEM em Macapá, Josiel é irmão do senador Davi Alcolumbre e liderou a coligação “Macapá em primeiro lugar” (DEM/ Avante/ PDT/ PSC/ PL/ PV/ PSDB/ PSD/ Solidariedade/ PROS/ Republicanos e PP).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *