Samu 192 Ceará atende 184 municípios cearenses


Em caso de emergência em saúde, a população cearense pode contar gratuitamente com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Ceará). Com a ampliação do serviço para 60 municípios cearenses em pouco mais de um ano, a universalização do atendimento no Estado foi garantida pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa). Ao todo, 121 municípios cearenses contam com bases do SAMU. Só neste ano, já foram entregues 56.

“A ampliação dos serviços do SAMU foi uma grande conquista para oferecer o serviço pré-hospitalar a 100% dos municípios cearenses. O atendimento é destinado a todos os tipos de urgências, sem distinção. Basta o usuário acionar o serviço, que faremos a acolhida e direcionamos uma ambulância até o domicílio ou outro destino”, explica Mirena Noronha, coordenadora de serviços do SAMU 192 Ceará.

O SAMU ampliou a cobertura em todas as regiões, especialmente em municípios da Região Norte, atuando na diminuição do tempo-resposta, período entre o início do chamado e a chegada da equipe ao local da ocorrência. Atualmente, o Estado conta com 166 unidades móveis, sendo 129 Unidades de Suporte Básico (USBs), 30 Unidades de Suporte Avançado (USAs), duas Unidades de Suporte Intermediário (USIs), três motolâncias e duas unidades aeromédicas que funcionam em parceria com a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER).

Atendimento de emergência em saúde

O serviço funciona 24 horas por dia e pode ser solicitado gratuitamente com uma ligação para o número 192. Quando solicitada, uma equipe multiprofissional de saúde entra em ação. Dependendo da gravidade da ocorrência, podem ser acionados médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas, que prestam o socorro em qualquer lugar, seja ele privado, como residências ou locais de trabalho, ou público.

As equipes podem ser acionadas para atender vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo e armas brancas, quedas, choque elétrico, afogamento e intoxicação, por exemplo.

Os profissionais também fazem atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética. Além disso, prestam socorro a casos gineco-obstétricos, atendimento médico de urgências psiquiátricas e realizam transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel. O serviço contempla, ainda, pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e crises convulsivas.

Parceria

O SAMU é resultado de uma parceria entre o Governo do Ceará e a União, que é responsável por adquirir as ambulâncias. O Estado contrata profissionais de saúde para atender a população e garante a logística operacional do serviço, como os insumos médico-hospitalares e o funcionamento dos veículos de socorro. Aos municípios, cabe disponibilizar as bases e realizar a manutenção do local.

Fonte: Governo CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *