Confraternizações de fim de ano resultam em denúncias de aglomerações em todo o país


Ao que tudo indica os agentes públicos designados para fiscalização do cumprimento das medidas restritivas adotadas pelos Estados e Municípios, para evitar o aumento da propagação da Covid-19, terão muito trabalho nos últimos dias do ano. Antes mesmo das tradicionais festividades da virada de ano, casos de aglomerações em todo país estão sendo denunciados nas redes sociais, inclusive envolvendo celebridades.

Entre a noite de terça e a madrugada de quarta-feira tivemos acesso a três casos que precisaram de intervenção para acabar com aglomerações. Na cidade carioca, bombeiros da Gávea (25º GBM) foram acionados para interditar uma festa que acontecia no Faro Beach Club, na Avenida Niemeyer. Após receber uma série de denúncias sobre o descumprimento das regras de combate à Covid-19, o secretário de Estado de Defesa Civil do Rio, Coronel Leandro Monteiro, determinou imediata interrupção do evento.

Outra situação que repercutiu nas redes sociais e expandiu para os veículos de comunicação foi a interdição de uma festa na casa de praia da cantora Elba Ramalho, em Trancoso (BA), com a participação de cerca de 500 pessoas. A cantora que havia alugado a sua propriedade de 25 de dezembro a 4 de janeiro acabou associada ao festejo em que seus inquilinos desrespeitaram as recomendações sanitárias de proteção à saúde adotadas no estado da Bahia.

Em vídeo postado no Instagram Elba Ramalho explicou que não sabia que estava acontecendo uma festa dessa dimensão em sua residência e que foi pega de surpresa com a notícia depois de participar de uma missa. A atriz cobrou mais responsabilidade da imprensa por colocá-la no “olho do furacão” quando ela não teve nenhum envolvimento com a realização da festa, afirmando que está indignada e triste com o acontecido e que as pessoas responsáveis pelo evento irão responder pelo seu feito.

Cleber Araujo – jornalista/RJ
Imagens: internet
Editor chefe: Sandro de Moura
Fonte: Agência FNI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *