Alunos terão novo material didático para reforço de conteúdos


O ano de 2020 foi atípico para todos da comunidade escolar, entre pais e/ou responsáveis, estudantes e professores, em decorrência da pandemia da Covid-19, e muitos desses atores tiveram que se reinventar no ensino para a educação não parar. Pensando nos estudantes, que diante das dificuldades de acesso à escola não acompanharam as atividades no modelo de aula remota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) irá reforçar o ensino com entrega de material didático.

A proposta será trabalhar as habilidades dos estudantes com ensino híbrido (atividades presenciais e/ou remotas), além de resgatar os alunos que tiveram dificuldades em continuar as atividades no decorrer do ano letivo de 2020. Serão entregues os cadernos de reforço voltados para o ensino da língua portuguesa e matemática.

Serão contemplados com o material didático, 29.628 alunos matriculados na rede estadual registrados sem acesso, bem como complementar a parcela de alunos que necessitarem ampliar os estudos do ensino remoto em todas as Gerências Regionais de Educação (GREs), como explica a diretora da Unidade de Ensino Aprendizagem (Unea), Maria José Mendes.

“A estratégia atende à demanda de estudantes nas escolas da rede estadual de ensino que não tiveram acesso às aulas, os estudantes irão receber esse material impresso com o conteúdo nas disciplinas de língua portuguesa e matemática. A escola terá a liberdade para adequar o material de acordo com necessidades específicas das aulas. A Seduc irá realizar a entrega do material de reforço para 29.628 em todas as gerências e ampliar o acesso de reforço do ensino no momento de pandemia no decorrer dos três primeiros meses”, disse a diretora.

Reforço de Aprendizagem – Juntos para Avançar

O Programa de Reforço de Aprendizagem – Juntos para Avançar reordena os anos letivos de 2020 e 2021 das escolas do Piauí e será dividido em duas fases. O ano letivo de 2021 terá início no dia 25 de janeiro de 2021, com a fase 1 do Programa Juntos para Avançar.

Na segunda fase do programa, os alunos que obtiverem êxito na complementação das atividades escolares, síncronas e assíncronas, da fase 1 do Programa Juntos para Avançar, em alguns componentes curriculares, conforme os registros no iSEDUC, deverão ser promovidos e enturmados na modalidade por ano/série ou etapa seguinte.

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *