Projeto da Uespi beneficia famílias em situação de vulnerabilidade em Parnaíba


O projeto de extensão “Iluminado” é desenvolvido desde 2018 por alunos e professores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), por meio do Programa Institucional de Bolsas em Extensão Universitária (Pibeu). A iniciativa é realizada em parceria com o Centro Espírita e Obras Sociais Luz da Esperança, beneficiando crianças, jovens e adultos da cidade de Parnaíba.

O professor Dario Calçada, docente do curso de Ciências da Computação e coordenador do programa, destaca que o projeto realiza ações contínuas, principalmente, para a população mais vulnerável. “O programa oferece reforço escolar, alfabetização de crianças e adultos, curso profissionalizante, educação em saúde, apoio à pessoa com dependência química, posto de atendimento em saúde, escola de música, sopa fraterna e atendimento fraterno nas redes sociais, por meio do projeto Luz da Esperança”, explica o docente.

Da Uespi, participam dos projetos desenvolvidos alunos de Computação, Pedagogia, História, Odontologia e áreas afins. Segundo o coordenador, as ações ocorrem em diferentes momentos durante os dois anos de execução do projeto, para atender à necessidade da comunidade em seus diversos contextos.

Entrega de cestas básicas para a comunidade

Famílias acolhidas com a proposta

Adriana da Silva é mãe do Francisco Guilherme, que tem 9 anos. Ela conta que a criança tinha muita dificuldade de aprendizagem antes do acompanhamento no Reforço de Luz, porém, agora já consegue perceber uma grande melhora. “Eles são muito competentes, possuem uma ótima estrutura e muita responsabilidade. Achei maravilhoso meu filho ter a oportunidade de estudar com a equipe do Luz da Esperança”, destacou a mãe.

As crianças recebem gratuitamente todo o material didático

Cleudiane de Oliveira também é mãe de duas meninas que são acompanhadas pelos profissionais da instituição. Para ela, a orientação recebida pelas filhas é de grande auxílio para a evolução escolar das mesmas. “Muito boa essa oportunidade, pois uma das minhas filhas tinha muita dificuldade na escola, e graças ao reforço ela conseguiu passar de ano”, disse a mãe das alunas.

Parceria

A coordenadora do Reforço de Luz, Liene Oliveira, explica que as ações visam a ajudar o próximo e entender sua realidade. “Dentro de um projeto como esse nós conseguimos ver coisas que a sociedade não está acostumada ou não quer ver, como crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem. Então, essa parceria com a Uespi foi maravilhosa, pois estávamos com dificuldade de encontrar pessoas para nos ajudar. Agradecemos a parceria e a disponibilidade de todos os voluntários”, concluiu Liene.

Em 2020, quarenta crianças foram beneficiadas com o apoio dos professores e alunos da Uespi que atuam no Centro Luz da Esperança. As crianças recebem material didático gratuito e toda estrutura para estudos.

Os projetos para 2021 ainda estão em fase de planejamento, contudo, no mês de março já inicia uma nova turma no Reforço de Luz e outras famílias terão a chance de serem acolhidas com o programa.

Confira o canal do YouTube do projeto.

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *