Vice-Governadoria promove bate-papo sobre saúde mental para servidores


A vice-governadora Regina Sousa e servidores da Vice-Governadoria do Estado participaram, de forma presencial e online, de um bate-papo sobre saúde mental com a psicóloga Anna Cecília Britto. A atividade faz parte da campanha Janeiro Branco, iniciada em 2014 pelo psicólogo mineiro Leonardo Abrahão e objetiva chamar a atenção para as questões relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas.

Para Regina Sousa, fazer a prevenção e os esclarecimentos sobre saúde mental deveria ser política de governo. E lembrou que é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) cuidar da saúde das pessoas e, principalmente depois da pandemia do novo coronavírus em que o número de pessoas com problemas de saúde aumentou. “Todos os gestores deveriam fazer um trabalho para alertar e informar às pessoas como se prevenir para reduzir os problemas de saúde mental da população”, destaca a vice-governadora.

Oscilação de humor, tristeza, choro escondido, raiva intensa, apetite exagerado ou falta, isolamento, dificuldade de se relacionar, muito ou pouco sono são alguns dos sintomas de pessoas que precisam de ajuda para cuidar da saúde mental.

A psicóloga informou que, ao identificar uma pessoa com problemas, é preciso não julgar ou questionar e sim levar a um profissional, psicólogo ou psiquiatra. “Não deixar para amanhã. Cuidar da saúde mental hoje, que é urgente, e é cuidar de si mesma”, destaca Anna Cecília, citando ainda que existem nas redes sociais grupos que informam e ajudam pessoas com problemas de saúde mental.

Mas há também ações que ajudam a prevenir e a melhorar a saúde mental, como exercícios físicos, autocuidado, meditação, práticas espirituais e ter boas relações sociais.

Para Anna Cecília, é preciso quebrar tabus sobre a saúde mental. ” Saúde mental não é só transtorno mental é cuidar de si mesmo”, destaca a profissional.

Esse cuidar de si mesmo que a diretora da unidade administrativo-financeira da Vice-Governadoria, Conceição Bugyja, alertou. “Não existe bem-estar físico sem bem-estar mental”, disse a servidora. Ela acrescentou que todas as organizações e órgãos devem aproveitar a campanha Janeiro Branco para oportunizar aos colaboradores informações sobre o cuidar da saúde mental, pois culmina com o bem-estar da saúde física também.

Fonte: Governo PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *