Dragão do Mar homenageia bailarina e coreógrafa Silvia Moura com exibição de espetáculo virtual nesta quinta-feira (28)


Com “Tempestade”, Centro de Arte e Cultura celebra a vida e a obra da profissional que completa 45 anos de carreira.

Dando sequência às exibições do programa #NaRedecomDragao, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura traz, nesta quinta-feira (28), a partir das 19h, no seu canal no YouTube, o espetáculo “Tempestade”, da bailarina e coreógrafa Silvia Moura. Em pouco mais de 22 minutos, a artista exibe sua dança-resistência-protesto, numa apresentação tocante para públicos de diferentes faixas etárias.

Como esclarece Silvia Moura, o espetáculo reproduz o movimento “desistir-existir-resistir e finalmente começar tudo de novo, um ciclo infindável de pequenas desistências, seria como morrer? Ou como um espaço vazio, um grande silêncio sem ruídos ou pensamentos? Ou seria como viver com tal intensidade que explodisse em partículas minúsculas de intensa vida, mas que, por serem tão pequenas, ninguém as vê. Existir de um jeito contrário ao que se possa crer como real existência, e por isso mesmo se parece com a ideia de morte, de findar-se. Desistir de si como corpo que dança, pensa, dança, move, dança, e respira, desistir como último embate de um corpo que insiste em mover-se apesar da ideia de desistir ser contrária ao impulso de mover-se, seria isso resistência? Como resistir sem desistir e assim seguir insistindo em mover-se? Uma dança que protesta, que reverbera no corpo os gritos emudecidos, uma dança que não pode ser silenciada”.

Silvia Moura se define como artista das conexões possíveis entre o corpo e o pensamento e artista multimídia, ao unir dança, performance e palavra para estabelecer contato com o público, relação essa que permeia sua “dança-desabafo” e o que a destaca como uma das artistas mais emblemáticas no que diz respeito à educação, produção e difusão da dança no Ceará. Este ano, Silvia Moura celebra 45 anos de atuação na dança. Com apresentações marcadas pelo contato e pela interatividade com o público, Silvia mostra sua capacidade de se reinventar e adapta a apresentação do espetáculo, concebido originalmente para o teatro presencial, para o formato digital, quando o olho a olho passa a ser mediado pela câmera, mas não menos potente.

Ficha técnica vídeo “Tempestade”:

Criação, interpretação, figurino: Silvia Moura
Música: Rami Freitas
Máscara: Adalberto Farias
Fotos: Carol Veras, Paulo Winz, Luiz Alves
Produção e registro: Jota Jr Santos

Serviço:

#NaRedeComDragao apresenta o espetáculo de dança “Tempestade”, da bailarina e coreógrafa Silvia Moura.
Data: 28 de janeiro de 2021 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Canal do Dragão do Mar no YouTube

Duração: 22 minutos e 18 segundos
Classificação etária: Livre

Fonte: Governo CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *