Bordadeiras de Entremontes


Entremontes é um povoado do município de Piranhas no Estado de AL, situado as margens do Rio São Francisco, é conhecido pelos bordados e pela visita de Dom Pedro II, o povoado encanta os visitantes que por ali passam. Conta-se que em 1859 Dom Pedro II, ao passar de barco pelo rio São Francisco, haveria avistado um povoado e perguntado que lugar era aquele entre os montes. Dessa pergunta do então imperador do Brasil, surgiu o nome mais tarde assumido pelo povoado.

Mas hoje, o que atraí a atenção dos turistas é o trabalho das bordadeiras. A tradição do bordado é passada de mãe para filha desde o século XIX.
As mulheres ficam, na maior parte do tempo, sentadas à porta de suas casas fazendo bordados. O rendedê, boa noite e o ponto-cruz são os pontos de
bordado mais utilizados pelas artesãs, e elas abrem as suas casas para que visitantes possam conferir seus trabalhos artesanais que são vendidos a preços bem acessíveis.

Passeando pelas ruas calmas de lá tivemos a oportunidade de conversar com algumas bordadeiras. A primeira delas foi a dona Silvana, ela faz parte da
Companhia de Bordados de Entremontes, que existe a cerca de 19 anos. Ela
nos falou que atualmente são 43 mulheres comprometidas com a associação,
elas contam com designer, controle de preço e de qualidade, também contam
com o apoio do Sebrae.

Mas a frente, falamos com a dona Lurdes, ela que faz parte do ateliê Marina e Pietro, nos contou que borda desde os 6 anos de idade, e nesse espaço expõe
o trabalho de 37 mulheres que não fazem parte da associação das bordadeiras, elas expõem seus trabalhos no ateliê e também em suas casas.
Os habitantes da pequena Entremontes vivem do bordado, da agricultura de
subsistência e da pesca no rio São Francisco.

Passando pelas ruas é impossível não respirar história e cultura além de se encantar com o cenário a beira do rio. Pontos como a igreja central de Nossa
Senhora da Conceição e as casinhas coloniais coloridas dão todo um charme a paisagem.

Para chegar lá, a dica é partir da cidade de Piranhas (AL). O transporte mais utilizado é o fluvial, realizado em canoas, lanchas ou catamarãs. O rodoviário também pode ser feito por estrada não pavimentada, o que não é tão interessante para quem vai a passeio.

Entremontes é um recorte da bonita e rica região Nordeste, um tesouro que aos poucos vai sendo compartilhado por centenas de brasileiros e estrangeiros afeitos a ‘garimpar cultura’ e lazer nessa parte do país.

Agência FNI
Natânia Melo e Sandro de Moura
Fotos: Natânia Melo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *