Famílias de baixa renda recebem 224 moradias em Natal (RN)


Cada apartamento tem 39 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço

Mais moradias foram entregues pelo Governo Federal a pessoas de baixa renda nesta sexta-feira (14). Dessa vez, em Natal, no Rio Grande do Norte. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou da cerimônia e destacou a importância da ação para levar dignidade às famílias e reduzir o déficit habitacional no país.

“Para nós, esse é um momento muito especial. Olhar nos olhos dos beneficiários é sentir a alegria das pessoas. Essa parceria com a prefeitura de Natal, a exemplo das que temos em vários lugares do Brasil, tem se tornado frutífera principalmente pelo resgate do que eu acredito ser o mais importante do ser humano, o resgate da cidadania e da dignidade das pessoas”, ressaltou o ministro Rogério Marinho.

O empreendimento conta com 224 unidades habitacionais e tem capacidade para receber cerca de 900 moradores. Cada apartamento tem 39 metros quadrados. São dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O complexo tem estrutura completa de água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem, além de quadra poliesportiva, parque infantil e áreas de lazer e de ginástica.

A obra custou cerca de R$ 13,6 milhões e faz parte do complexo Village da Prata, que conta com oito empreendimentos e integra o programa Casa Verde e Amarela. O residencial entregue nesta sexta-feira é o último do complexo a ser entregue.

Adutora do Piquiri
Em Natal, o ministro do Desenvolvimento Regional também assinou acordo de cooperação técnica para o início de estudos e realização de projetos para a construção da Adutora do Piquiri. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a obra beneficiará 38 municípios do Rio Grande do Norte e contará com cerca de R$ 260,5 milhões.

Agenda em Parnamirim e São Gonçalo do Amarante
Também, nesta sexta-feira (14), o ministro do Desenvolvimento Regional esteve em Parnamirim (RN), onde visitou o canteiro de obras da Linha Branca do sistema de transporte de passageiros sobre trilhos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). O investimento do Governo Federal na obra é de R$ 58,3 milhões. As cidades de São José de Mipibú, Nísia Floresta e Parnamirim serão beneficiadas com a obra. A previsão é de que cerca de 6,8 mil passageiros utilizem o serviço diariamente com o acesso à capital Natal. A obra é uma reivindicação da população local.

Em São Gonçalo do Amarante, também nesta sexta-feira (14), o ministro visitou as obras do Complexo Residencial Ruy Pereira. De seis conjuntos do complexo, dois ainda faltam ser entregues. Quando finalizados, beneficiarão mais 600 famílias.

Fonte: gov.br
Foto: Adalberto Marques/MDR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *