Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão

Até 4 de maio, o cidadão pode resolver pendências como, tirar o título, fazer transferência de domicílio eleitoral e justificar ausências nas 3 últimas eleições.

No dia 4 de maio termina o prazo para regularizar o título eleitoral ou solicitar a primeira via do documento para votar nas Eleições 2022. Apesar de faltar menos de quatro meses para o fim do prazo, no Maranhão ainda há 273. 973 eleitores que correm risco de ter os títulos cancelados e, com isso, serem impedidos de votar nas eleições de 2022, por conta de pendências com a Justiça Eleitoral.

O cancelamento do título acontece quando o eleitor não votou e não justificou a ausência nos últimos três turnos consecutivos. Para que o título volte a valer o procedimento é simples, rápido e pode ser feito pela internet, através do sistema Título Net. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) ressalta que, enquanto a pandemia durar, não haverá coleta de dados biométricos.

Queremos saber sua opinião

Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão
Até 4 de maio, o cidadão pode resolver pendências como, tirar o título, fazer transferência de domicílio eleitoral e justificar ausências nas 3 últimas eleições.
Por g1 MA

13/01/2022 12h05 Atualizado há 51 minutos

Mais de 273 mil eleitores estão irregular no Maranhão
Mais de 273 mil eleitores estão irregular no Maranhão

No dia 4 de maio termina o prazo para regularizar o título eleitoral ou solicitar a primeira via do documento para votar nas Eleições 2022. Apesar de faltar menos de quatro meses para o fim do prazo, no Maranhão ainda há 273. 973 eleitores que correm risco de ter os títulos cancelados e, com isso, serem impedidos de votar nas eleições de 2022, por conta de pendências com a Justiça Eleitoral.

O cancelamento do título acontece quando o eleitor não votou e não justificou a ausência nos últimos três turnos consecutivos. Para que o título volte a valer o procedimento é simples, rápido e pode ser feito pela internet, através do sistema Título Net. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) ressalta que, enquanto a pandemia durar, não haverá coleta de dados biométricos.

Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão — Foto: Igor do Vale / G1
Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão — Foto: Igor do Vale / G1

Até 4 de maio, o cidadão pode resolver pendências como transferência de domicílio eleitoral e justificativa de ausências nas 3 últimas eleições e, assim, quitar eventuais débitos e poder exercer o direito de participar da escolha dos próximos deputados estaduais, deputados federais, governadores, senadores e presidente da República.

Para evitar contratempos, o TRE-MA ressalta que é importante o eleitor se antecipar, pois, nos últimos dias é alta a procura pelo serviço.

A eleição em primeiro turno ocorrerá no dia 2 de outubro, e o segundo turno, se houver, em 30 de outubro de 2022.

No Maranhão, atualmente, o eleitorado é de 4 milhões 549 mil e 506 eleitores, segundo dados do TRE-MA.

Como fazer
No sistema Título Net é possível tirar a primeira via do título ou regularizar o documento. O sistema está disponível no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e também nos sites eletrônicos dos Tribunais Regionais Eleitorais, a exemplo do Maranhão.

De acordo com o TRE-MA, para tirar a primeira via é preciso informar a Unidade Federativa em que a pessoa reside. Depois, ela será informada sobre os documentos necessários:

selfie segurando um documento de identificação;
comprovante de residência atualizado;
certificado de quitação de serviço militar, para homens de 18 a 45 anos.

Na página seguinte, em “título de eleitor”, deve selecionar a opção “Não tenho”, para prosseguir o atendimento. Os dados informados serão analisados pela Justiça Eleitoral e o acompanhamento pode ser feito aqui.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral devem, antes de tudo, conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, neste link. Em seguida, no sistema Título Net insira as informações e os documentos solicitados e acompanhe o requerimento.

De forma presencial, o eleitor precisa comparecer no cartório eleitoral de sua cidade (postos de atendimento ou unidades do Viva também) portando a documentação exigida seja para a 1ª via (alistamento), modificação de dados e ou regularização.

Dúvidas podem ser tiradas pelo número 0800 098 5000, entre 8h e 18h, nos dias uteis.

E-Título
Outra forma prática de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é o aplicativo e-Título. A ferramenta também é utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições. Basta fazer o download gratuito em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma (Androide iOS).

Fonte: G1 MA
Foto: Igor do Vale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *